Você já deve ter ouvido que o planejamento estratégico é o momento em que devemos estabelecer metas, planos de ação e fazer a análise do ambiente interno e externo da empresa, certo? Não está errado. De fato, essas são tarefas indispensáveis durante esse tipo de planejamento, pois definem um norte para a organização no longo prazo.

Acontece que muitos gestores não sabem que os trabalhos não param por aí. Na hora de elaborar o planejamento estratégico de determinado negócio, ainda devemos definir a missão, a visão e os valores de uma empresa. Esses três pontos funcionam como pilares para a organização, é o que mantém ela em pé e firme para que todo o resto funcione.

A definição da missão, da visão e dos valores de uma empresa, portanto, é uma necessidade já no momento em que vamos abrir determinado negócio, ou, ainda, quando pretendemos realizar um reposicionamento da empresa no mercado, de acordo com fatores externos ou internos. 

Ainda não entende muito bem esses conceitos? Quer saber como defini-los na sua empresa e usá-los ao seu favor? Então você veio ao lugar certo. Neste post, vamos mostrar o que são, bem como ajudar nossos leitores a definir a missão, os valores e a visão dos seus negócios. Confira logo a seguir!

Missão: a razão de existir da empresa

Em primeiro lugar, vamos mostrar o que é a missão de um negócio. Como deve ter percebido, essa é a razão de existir da empresa. É uma forma de explicitar o que ela faz pela sociedade, de que forma pode resolver os problemas, necessidades e conflitos que existem entre as pessoas.

Na hora de definir a missão, procure ser o mais abrangente possível. Não confunda missão com a área de atuação da sua empresa ou o que ela faz na prática. A ideia, como vimos, é explicar o impacto da organização na vida em sociedade. O que ela realmente faz pelo bem das pessoas.

Vamos conferir alguns exemplos de missões definidas pelas organizações?

  • Google: “organizar as informações do mundo todo e torná-las acessíveis e úteis em caráter universal.”
     
  • Nestlé: “oferecer ao consumidor brasileiro produtos reconhecidamente líderes em qualidade e valor nutricional, que contribuam para uma alimentação equilibrada, gerando sempre oportunidades de negócios para a empresa e valor compartilhado com a sociedade brasileira.”

Perceba, em ambos os casos, que as empresas não se limitaram a explicar o que, de fato, fazem. Na verdade, elas querem mostrar o que pretendem trazer de melhoria para toda a sociedade.

Visão: o sonho da empresa

Ok, já definimos os motivos pelos quais a sua empresa existe, mas isso ainda não é o suficiente. Ainda precisamos definir a visão de negócios! Estamos falando de como a empresa se enxerga no longo prazo, isto é, quais são suas ambições e aspirações, o que move ela para frente.

Não confunda a visão com os objetivos e metas de uma empresa. A visão é o cenário ideal, estamos pensando no longo prazo. Já os objetivos e metas auxiliam na conclusão dessa missão.

Além disso, você não precisa ter uma visão extremamente ambiciosa, como ser o melhor do mundo no que faz. Ela também precisa ser realista e estar de acordo com os planos iniciais de fundação. Pode ser, simplesmente, uma referência em determinada região, por exemplo.

Agora vamos mostrar alguns exemplos de visão definidos por algumas empresas por aí. Confira!

  • Vale: “ser a empresa de recursos naturais global número um em criação de valor de longo prazo, com excelência, paixão pelas pessoas e pelo planeta.”
     
  • Arcor: “ser a empresa nº 1 de guloseimas e biscoitos da América Latina e consolidar a participação no mercado internacional.”

Repare que ambas as empresas possuem escalas diferentes. A Vale possui ambições globais, enquanto que a Arcor pensa em um mercado local, em um primeiro momento. Perceba, ainda, que nenhuma das duas está pensando no médio ou curto prazo, mas, sim, em uma perspectiva mais abrangente.

Valores: a alma da empresa

Para concluir o nosso tripé, nós temos que apresentar, ainda, os valores de uma empresa. Estamos falando sobre o conjunto de códigos de ética e conduta que são seguidos pelos colaboradores e gestores. No fundo, é o que compõe a base para toda a cultura organizacional e a forma como o público externo perceberá a empresa.

É importante deixar claro que os valores de uma organização devem sempre ser reforçados para que se mantenham vivos. Portanto, existe uma responsabilidade, por parte de todos os envolvidos, em manter a força desses valores na empresa.

Nesse sentido, as lideranças assumem um papel fundamental, bem como os chamados treinamentos comportamentais, que funcionam como uma forma de transmissão da cultura e dos valores de uma organização.

Vamos conferir como algumas empresas definem os seus valores?

Avon

  • Confiança;
  • respeito;
  • crença;
  • humildade;
  • integridade.

Banco Itaú

  • Só é bom para a gente, se for bom para o cliente;
  • simples. Sempre;
  • fanáticos por performance;
  • pensamos e agimos como donos;
  • gente é tudo para a gente;
  • ética é inegociável;
  • o melhor argumento é o que vale.

Repare que, enquanto o Banco Itaú resolveu personalizar os valores da empresa — pautados em valores já existentes na sociedade, é claro —, a Avon preferiu ser mais clara e objetiva. O mais importante, no entanto, é a forma como esses valores são transmitidos para os colaboradores e expostos para o cliente.

Por que usar missão, visão e valores?

Afinal, por que usar e definir missão, visão e valores de uma empresa? A resposta é simples. Nós precisamos desse tripé para definir a personalidade, a cultura e o direcionamento para a nossa organização. É uma forma de racionalizar todos esses pontos para a compreensão de todos, inclusive do gestor do negócio.

Assim, sempre que definirmos objetivos, planos de ação e a forma como tudo isso será conquistado e trabalhado, nós saberemos exatamente como e por que devemos agir. Teremos sempre um norte a seguir para que a empresa se mantenha coerente, coesa e, acima de tudo, confiante do seu caminho.

Então, entendeu a importância dos valores de uma empresa? Agora, o que acha de entrar em contato conosco e conhecer todas as nossas soluções? Aguardamos o seu contato!

ACP

ACP

ACP: há 129 anos conectando o comércio, a indústria e os serviços.