Definir metas é uma tarefa muito fácil. Basta marcarmos aquilo que desejamos e seguir em frente, não é verdade? Não é bem assim.

O fato é que a definição de metas em uma organização é uma tarefa muito mais complexa do que aparenta. Afinal, se forem fáceis demais, não exploraremos o potencial máximo. Mas, se forem difíceis demais, desmotivaremos os colaboradores e não chegaremos a lugar nenhum.

Uma meta ideal condiz com a realidade do negócio. Ela precisa ser definida sob medida para que a organização consiga os resultados que espera. E como fazer isso?

É justamente o que vamos falar neste post: mostraremos algumas dicas importantes que ensinarão a você como definir metas de vendas. Confira logo a seguir!

1. Siga o padrão das smart goals

Nossa primeira dica é estabelecer um modelo coerente para definir as metas na sua empresa. Existem muitos deles, no entanto, aqui, destacaremos as smart goals, ou, na tradução para o português, as metas inteligentes. Basicamente, estamos falando de um modelo de elaboração de metas que procura estabelecer um padrão de qualidade para a empresa.

A palavra smart, em inglês, funciona como uma sigla. Cada letra possui uma característica de uma meta ideal. As características são: especificidade (specific), mensurabilidade (measurable), atingibilidade (attainable), relevância (relevant) e temporalidade (time-based).

2. Avalie os ambientes interno e externo

Outra dica muito importante para definir metas na sua organização é a avaliação dos ambientes interno e externo. Assim, podemos conhecer a realidade da empresa como um todo e saber exatamente o seu potencial e os seus limites.

Para isso, temos a análise SWOT (Strenghts, Weaknesses, Opportunities and Threats), ou, em português, FOFA (Forças, Oportunidades, Fraquezas e Ameaças).

A ideia é avaliarmos as forças e fraquezas da empresa (ambiente interno), além das oportunidades e ameaças do mercado (ambiente externo). Com isso, podemos definir metas baseadas na realidade. Uma dica é avaliar indicadores internos para descobrir o potencial da empresa, além de índices econômicos e de benchmarking para avaliar o ambiente externo.

3. Estabeleça os indicadores de desempenho

Outra dica importante durante a elaboração de metas na empresa é a definição de indicadores de desempenho. Afinal, precisamos acompanhar de perto o trabalho das equipes para verificar se realmente vamos cumprir com aquilo que foi combinado durante o planejamento.

Cada meta elaborada pela organização precisa de uma métrica  específica para acompanhá-la. Além disso, é importante ressaltar que as informações obtidas pelos indicadores podem nos ajudar a definir metas no futuro, o que é fundamental para mantermos sempre o “pé” na realidade, conforme já mencionamos.

4. Defina prioridades na empresa

Por fim, é muito importante que a gestão saiba definir quais são as prioridades na empresa. Caso isso não aconteça, todos os colaboradores perderão o foco, e o resultado disso será o não cumprimento das metas estipuladas.

Uma excelente dica sobre como definir metas de vendas e, ao mesmo tempo, manter as prioridades, é seguir o modelo Kanban. Criado no Japão, pela indústria automotiva, a técnica tem como objetivo definir o andamento de todos os processos internos, dividindo as atividades em três blocos: para executar, em execução e concluídas.

Gostou do nosso post de hoje sobre como definir metas de vendas? Então, siga a gente no Facebook, no LinkedIn e no Twitter para ficar por dentro de muito mais!

ACP

ACP

ACP: há 129 anos conectando o comércio, a indústria e os serviços.