Não faz mais sentido separarmos o mundo online do offline. Para o consumidor, a barreira que separa essas duas realidades não existe mais. Ele pode estar na sua loja e, pelo smartphone, pesquisar preços e fazer comparações. É por esse motivo que você deve elaborar estratégias de vendas eficazes. Integrar lojas físicas e virtuais pode ser uma vantagem competitiva. Afinal, sua empresa estará adequada à nova realidade e conseguirá atender os clientes de forma mais completa. Confira, a seguir,  4 dicas para integrar lojas físicas e Ecommerce.

 

1. Conte com o suporte de um ERP

A tecnologia definitivamente pode fazer toda a diferença quando o assunto é a integração. Afinal, é preciso que a empresa conte com processos otimizados para organizar, da melhor forma possível, as vendas online e offline.

Para isso, uma dica é contar com um bom ERP (Enterprise Resource Planning), ferramenta que tem como objetivo a integração de todos os processos internos, bem como o monitoramento de dados da empresa.

Um dos produtos oferecidos pela ACP aos seus associados é o Myrp, um sistema de gestão de lojas que, além de automatizar processos, integra o setor de vendas com os setores administrativo, financeiro e crediário. Isso quer dizer que, em uma única plataforma, você poderá realizar várias atividades que fazem parte do seu dia a dia.

Saiba mais sobre o Myrp.

 

2. Permita a retirada de produtos na loja física

Cada consumidor possui um perfil diferente. Enquanto alguns gostam de realizar suas compras nas lojas físicas, outros preferem a praticidade das lojas virtuais. Porém, há também aqueles que oscilam entre esses dois ambientes. Empresas como a Centauro, Americanas,  Renner, Panvel e Saraiva, por exemplo, permitem que seus consumidores façam suas compras online e retirem os produtos nas lojas físicas.

Aqui temos três vantagens:

  1. O cliente não paga pelo frete;
  2. Tem a oportunidade de conhecer a loja;
  3. E pode se sentir estimulado a levar mais um produto para casa.

 

3. Venda pelo Ecommerce nas lojas físicas

Outra ideia para integrar loja física e Ecommerce é vender online no seu próprio estabelecimento. Essa foi a estratégia adotada pela Amaro que, depois de 3 anos comercializando roupas, sapatos e acessórios pela internet, abriu seu primeiro Guide Shop. Essa loja conceito funciona como uma espécie de portfólio, onde uma parte da coleção pode ser provada pelas clientes. Mas, ao contrário de uma loja comum, a compra é feita pelo site e o pedido é entregue em casa. Além disso, esses espaço também funcionam como pontos de devolução e retirada de pedidos com frete grátis.

Lojistas que adotam essa prática geralmente oferecem tablets ou notebooks para que os consumidores fechem seus pedidos ali mesmo.

 

4. Realize ações nas mídias sociais

Por fim, temos as mídias sociais! Elas são uma excelente ferramenta para integrar loja física e Ecommerce. Uma dica é criar eventos no Facebook e convidar seus seguidores para comparecer na loja física em uma data especial. Você pode, ainda, elaborar uma estratégia criativa que envolva o Instagram, o Twitter e/ou, até mesmo, o Youtube para atrair mais visitantes online e offiline.

 

Como integrar loja física e Ecommerce

Possui um Ecommerce ou está pensando em adotar essa estratégia de vendas para o seu negócio? Não deixe de conhecer o Myrp, a única plataforma do mercado que integra lojas físicas e virtuais. Em seu sistema, você cadastra clientes, fornecedores e produtos, controla seu estoque, emite notas fiscais e ordens de serviço, e organiza suas entregas.

Conheça os planos da Myrp.  Fale com nossos consultores.

 

ACP

ACP

ACP: há 129 anos conectando o comércio, a indústria e os serviços.