Entre as empresas, é comum utilizar como base o score de crédito ao realizar a gestão e analisar a possibilidade de uma concessão de crédito. Apesar da sua importância, os consumidores ainda têm poucas informações referentes a essa ferramenta.

Com o intuito de esclarecer essa questão para você, fizemos este post sobre o assunto. Iniciaremos falando sobre o que se trata o score de crédito. Em seguida, abordaremos sobre como o score de crédito é medido e quais os cuidados a serem tomados durante a sua avaliação. Por fim, falaremos sobre como garantir um bom score. Acompanhe! 

O que é score de crédito? 

De acordo com a Associação Comercial do Paraná | Boa Vista SCPC, o score utiliza o resultado de cálculos estatísticos para indicar a probabilidade de inadimplência de pessoas ou grupos, em um determinado período de tempo. Ele é apresentado em uma pontuação que vai de 0 a 1.000, sendo que, quanto maior o valor, maior a probabilidade de o consumidor manter o crédito em dia.

O score é definido a partir de dados cadastrais, restrições atuais ou antigas, quantidade de consultas ao CPF ou CNPJ e informações de comportamento fornecidas pelo Censo, como índice de inadimplência por região, pesquisas sobre o mercado de trabalho, entre outras.

Para a pessoa física, manter um bom score traz inúmeros benefícios, como uma avaliação segura na quantidade de parcelas, taxas de juros menores e prazos maiores, o que diminui a probabilidade de endividamento. Para as empresas que utilizam deste método, há uma melhoria no conjunto de políticas internas de concessão de crédito, trazendo mais imparcialidade na definição.

A ferramenta reduz custos operacionais, pois a empresa tem um sistema informatizado, além de garantir um crédito mais responsável auxiliando a economia como um todo. A analista de pré-vendas da Associação Comercial do Paraná, Deise Camargo, destaca a atuação da entidade, juntamente com a Boa Vista SCPC, para a difusão da ferramenta aos seus milhares de associados.

“Trazemos informações cada vez mais robustas, com ferramentas de score alinhadas à tecnologia, desenvolvendo variáveis cada vez mais aderentes na decisão de concessão de crédito para todos os segmentos”, afirma.

Como o score de crédito é medido? 

A medição do score é realizada com a análise de diversos fatores, como CEP, telefone e contato, participação em empresas, informações restritivas, histórico de consultas anteriores, conhecimento da situação financeira atual do cliente, entre outros elementos. Falaremos, agora, sobre cada um deles e como funciona a análise de cada critério.

CEP

O CEP é o código de endereçamento postal, utilizando por empresas, como os correios, para entregar documentos, cartas, produtos, entre outros. Ele também é uma forma de análise de crédito, pois é possível retirar informações sobre a legalidade da posse do terreno onde o requerente mora, aumentando assim a segurança em fazer a concessão do empréstimo.

Telefone e contato

O telefone e contato servem para garantir que o requerente do crédito pode ser contatado de forma rápida e segura, caso alguma dúvida ou questão relativa à concessão do crédito seja levantada antes, durante ou após o término do processo. Isso traz mais segurança para as transações, já que o cliente mostra que está disponível para fácil comunicação.

Participação em empresas e informações restritivas

É fundamental que, durante a análise do score de crédito, sejam avaliadas questões relativas à participação do requerente em empresas, além de informações restritivas. Essa avaliação diminui o risco durante a operação e a necessidade de realizar futuras cobranças.

Histórico de consultas anteriores

Outra forma de avaliar o cliente, antes da concessão do crédito, se dá por meio do feedback do histórico e de suas consultas anteriores. Isso serve para classificar o registro de pontuação, se houve melhora ou piora, assim como os motivos alegados para a requisição do crédito.

Conhecer a situação atual financeira do cliente

Toda concessão de crédito deve ser feita buscando a segurança do retorno. Para que isso seja averiguado e os riscos diminuídos, o responsável pela análise deve conhecer a situação financeira do cliente, analisando a renda, bens, entre outras questões.

Quais são os cuidados a serem analisados na hora de avaliar o cliente? 

Para analisar e avaliar o cliente na hora de verificar o score de crédito, é necessário levar em consideração alguns fatores. Para que isso aconteça, a empresa pode contar com uma base de dados na qual diferencia e armazena informações sobre os bons e mau pagadores, chamada de cadastro positivo.

Dessa forma, os registros positivos e negativos fazem o score aumentar ou diminuir, dependendo das informações contidas no cadastro. Ter bons hábitos de pagamento auxilia o requerente a contratar novos negócios com maior facilidade.

Como posso garantir um bom score de crédito?

Não existe uma mágica para ter um bom score. Como ele é formado por informações cadastrais e comportamentais, é possível promover uma melhoria a partir de ações no dia a dia como consumidor:

  • mantenha suas contas em dia, evitando pagar após o vencimento;
  • não solicite créditos a todo instante, pois gera consultas por parte da instituição concessora e para o mercado isso não é um bom sinal. Antes de buscar crédito, pesquise, obtenha informações e verifique se realmente as condições agradam;
  • inclua suas informações no Cadastro Positivo, por meio do site da Boa Vista SCPC; 
  • se você tem dívidas prescritas (após cinco anos), procure renegociar e quite-as;
  • você pode possuir conta em vários bancos, mas use de forma consciente, caso contrário, isso trará mais problemas;
  • não utilize limites de cartões ou cheque especial;
  • não comprometa mais de 30% de sua renda com dívidas. Desconsidere no caso de financiamento imobiliário;
  • evite sustar cheques;
  • use produtos dos bancos, como cartão de crédito, investimentos, consórcios, financiamentos etc., mas com consciência;
  • nunca utilize serviços que prometem aumentar seu score, são golpes. Para os birôs de crédito, seu score precisa ter constância e não são levados em consideração aumentos momentâneos na pontuação;
  •  invista uma parte de seus recebimentos no seu futuro;
  • caso já tenha sido negativado, o trabalho será mais árduo, pois é necessário um pouco mais de tempo para gerar um histórico positivo no mercado, que pode ser de até três anos, dependendo do valor da dívida;
  • regra de ouro: sempre quite seus compromissos em dia e não os adquira além de suas condições de pagamento.

Sendo assim, saber a importância do score de crédito é de fundamental relevância para conhecer as possibilidades de aprovação do mesmo. Com isso, o planejamento da empresa melhora, pois é possível pensar em planos de ação para cada situação, além de medidas para melhorar o score a fim de receber a concessão posteriormente. 

Gostou deste texto? Então, entre em contato com a ACP para tirar todas as suas dúvidas!