Quem tem um empreendimento no Brasil sabe como é difícil mantê-lo com os elevados tributos e a legislação que muda a todo momento. Isso sem falar no abalo do cenário econômico e político que o país vem sofrendo nos últimos anos.

Em 2017, os economistas já conseguiam identificar um modesto crescimento na economia do país com um PIB (Produto Interno Bruto) de 1%. Essa foi uma grande vitória, já que entre 2015 e 2016 a economia encolheu 3,5%. As perspectivas para 2018 e 2019 são bem animadoras. De acordo com os especialistas, apenas após esses dois anos o Brasil voltará a ser o que era antes da crise.

Essas informações são de fundamental importância para os empreendedores brasileiros. Afinal de contas, com o aquecimento da economia, podemos identificar maiores ganhos financeiros no futuro e, principalmente, bons investimentos.

Vejamos agora um pouco mais sobre esse assunto.

O que esperar do cenário econômico e político em 2018?

Os empresários podem ficar mais tranquilos, já que a pior fase já passou. A taxa Selic, a taxa básica de juros da economia do país, vem caindo. No início da crise, ela chegou a 14,25% ao ano, e, atualmente, de acordo com o Banco Central do Brasil (BACEN), está em 6,5%.

O desemprego, infelizmente, ainda não caiu tanto quanto queríamos, mas encontra-se abaixo de poucos anos atrás. Em março de 2017, a taxa de desemprego chegou ao pico de 13,75% ao ano. Entretanto, já começou a dar sinais de melhora, ainda que de maneira tímida: em maio de 2018 a taxa foi de 12,6%.

A tendência é que esse número caia cada vez mais. Com o fortalecimento da economia, mais investidores colocarão dinheiro no Brasil e isso gera mais negócios e, consequentemente, mais emprego.

E qual é o cenário para 2019?

Muitas pessoas estão apostando muito em 2019, mas é preciso não colocar tanta expectativa. Em 2018, o PIB só subirá o suficiente para compensar a inflação de 2017, que foi bastante alta. E, infelizmente, pode ser que as previsões para o PIB de 2018 não se cumpram em razão da paralisação dos caminhoneiros no segundo trimestre do ano.

O cenário econômico e político para 2019 ainda é bastante incerto, principalmente devido aos rumos que a política brasileira pode tomar com os resultados das eleições. O que muitos especialistas sugerem é que, se um candidato reformista ganhar a disputa, é bem provável que 2019 seja um excelente ano para o país, com um PIB de 3,2%.

De acordo com esses mesmos especialistas, o governo mais radical pode levar o Brasil à estagnação. Nesse cenário, a tendência é que a inflação aumente, juntamente com a taxa Selic e o PIB fique em apenas 1,3% durante os quatro anos de mandato.

O que fazer?

Para quem é dono de um empreendimento, esse é um momento de dúvida. Nesse caso, o melhor a fazer é agir com cautela e pedir orientações de um profissional da área. Aguardar os resultados das eleições deste ano para fazer um investimento de grande porte pode ser uma ótima maneira de evitar problemas financeiros no futuro.

E você? O que acha sobre o atual cenário econômico e político do país? Qual é a sua expectativa para os próximos anos? Deixe o seu comentário!