A decisão de abrir uma empresa acaba gerando uma mistura de ansiedade e preocupação. Aliados às expectativas em vencer os desafios do dia a dia, esses sentimentos acabam gerando muitas dúvidas e tomadas de decisões ineficientes.

Erros são comuns na fase de criação do empreendimento, por isso é necessário um bom planejamento, pois ajuda a evitar os equívocos habituais praticados pelos empresários iniciantes.

Você quer abrir uma empresa sem cometer deslizes? Acompanhe este artigo e descubra os 5 erros mais comuns de quem começa a se aventurar no empreendedorismo:

1. Pecar no planejamento

Um planejamento antecipado é indispensável, pois é o grande diferencial entre o sucesso e o fracasso de um novo empreendimento. Com ele é possível que o empreendedor conheça o mercado em que vai atuar e seus concorrentes, podendo investir em formas de divulgar sua marca da melhor maneira.

Mesmo que no percurso da criação do novo empreendimento esse planejamento tenha que ser alterado, ele é a base de apoio que orientará os primeiros passos da empresa no mercado.

2. Não investir em estratégia de marketing

A parte fundamental dos produtos ou serviços oferecidos é o público-alvo. Muitos empreendedores ao abrir uma empresa têm dificuldades e dúvidas em saber como atrair esses clientes. Logo, é fundamental ter uma estratégia de marketing para divulgação da marca, que pode ser feita por meio da mídia tradicional — rádio, televisão, jornal, panfletos — ou por meio de sites, blogs, redes sociais e e-mails.

Para criar uma imagem marcante dos produtos e serviços oferecidos pelo empreendimento, é imprescindível desenvolver formas de conquistar a clientela.

3. Não controlar o fluxo de caixa

Para que os empreendedores saibam exatamente a situação financeira do negócio e decidam os caminhos que devem seguir, é necessário o acompanhamento financeiro do fluxo de caixa.

Por meio desse controle da entrada e saída de verba, é possível verificar a movimentação financeira em um determinado período da empresa. Ele pode ser feito em uma planilha ou até mesmo em um caderno reservado para esse fim. Com isso, o gestor pode rever algumas despesas e aumentar a entrada de dinheiro ou constatar que a empresa está cumprindo com suas obrigações e está dando lucro.

4. Insistir em fazer tudo sozinho

Ao abrir uma empresa, normalmente o gestor evita contratar uma equipe capacitada e costuma assumir todas as tarefas sem ajuda. A insistência em assumir tudo sozinho acarreta a falta de tempo para pesquisar a concorrência, elaborar estratégias de vendas, adaptar-se às inovações que surgirem e participar de cursos e palestras, mantendo-se atualizado.

Contar com a ajuda de uma equipe preparada é imprescindível para o sucesso do empreendimento a curto e longo prazo.

5. Não planejar custos operacionais

Abrir uma empresa requer uma elaboração rigorosa das finanças — faturamentos, custos, lucros. A falta desse planejamento é um dos principais problemas enfrentados pelos empreendedores.

Essa gestão é fundamental vai determinar se será necessária a abertura de uma linha de crédito e o valor a ser investido. Além disso, é possível prever os gastos mensais, controlar as despesas com funcionários, com os fornecedores, a margem de lucro esperada, etc.

Percebe como não é difícil evitar os erros mais comuns ao abrir uma empresa? Basta ficar atento aos pontos citados que suas chances de sucesso irão aumentar! Agora que você já sabe o que não fazer, que tal compartilhar esse conteúdo nas suas redes sociais e ajudar seus amigos? 

ACP

ACP

ACP: há 129 anos conectando o comércio, a indústria e os serviços.