Já se foi o tempo em que o sucesso de um empreendimento dependia exclusivamente da qualidade de seus produtos. Atualmente, diversos outros fatores também fazem toda a diferença para que isso aconteça, e a gestão de estoque é um deles.

Entretanto, nem todos empreendedores dão a devida importância para esse assunto e acabam colocando seu negócio em maus lençóis.

Para não cometer esse mesmo erro, continue a leitura e veja as cinco dicas que separamos para você melhorar sua gestão de estoque.

1. Analise o mercado

O mercado consumidor é volátil e pode enganar um empresário muito experiente. O que hoje é um produto muito procurado, em um pequeno intervalo de tempo, pode tornar-se obsoleto e indesejado.

Nesse caso, para não ser pego de surpresa, acompanhe as tendências e demandas de seus consumidores, a fim de oferecer mercadorias adequadas à situação socioeconômica.

Com isso, você pode recalcular parâmetros de planejamento e fazer uma gestão de estoque eficiente.

2. Acompanhe seu inventário

Nesse exato momento, você sabe quantos e quais tipos de produtos existem em seu armazém ou depósito? Se a resposta foi positiva, seu empreendimento tem grandes chances de alcançar seus objetivos. Porém, se o silêncio e a dúvida tomaram conta de seu pensamento, está na hora de tomar uma atitude.

O inventário de uma empresa deve ser preciso e atualizado sempre que alguma movimentação de entrada ou saída ocorrer. Infelizmente, alguns profissionais se esquecem desse importante fator e acabam prejudicando sua gestão de estoque.

Portanto, realize medições diárias para acompanhar as variações e veja os resultados positivos surgirem naturalmente.

3. Faça promoções

Em algum momento de sua vida profissional, um certo produto ficou encalhado em sua gestão de estoque, não é mesmo?

Sempre que isso acontecer, faça promoções para fomentar o consumo dessas mercadorias. Por mais que seu novo preço seja menor, é melhor ter um lucro reduzido e ter espaço liberado do que perder o investimento realizado nessa aquisição.

4. Tenha um bom modelo de reposição

Saber como e quando repor suas mercadorias também é essencial na performance do seu negócio. Por isso, escolha um modelo de reposição eficiente e adequado às suas necessidades.

Existem métodos contínuos e periódicos. No primeiro caso, há a determinação um valor mínimo para o nível de um estoque e, sempre que ele é atingido, é realizado um pedido de reposição. Já na segunda situação, é criado um cronograma para receber constantemente seus produtos.

Analise corretamente o funcionamento de sua empresa e faça uma escolha correta.

5. Busque ajuda especializada

Administrar uma empresa não é uma tarefa fácil. Contratar novos funcionários, negociar com fornecedores e analisar relatórios de produtividade são apenas algumas das responsabilidades de um microempresário.

Devido à pressão por bons resultados e a falta de conhecimento, alguns profissionais acabam tomando decisões equivocadas e que atrapalham sua gestão financeira.

Para fugir dessas situações, quando não conseguir solucionar seus problemas sozinho, encontre um parceiro especializado em sua área de atuação e pronto para tirar suas dúvidas.

Para que um empreendedor tenha sucesso em seu dia a dia de trabalho, sua gestão de estoque deve ser eficiente. Ao aplicar as cinco dicas citadas acima, você pode reduzir despesas, aumentar a produtividade e atrair novos clientes para seu negócio.

Agora, compartilhe esse texto em suas redes sociais para que mais pessoas também possam aprender sobre o assunto!

ACP

ACP

ACP: há 129 anos conectando o comércio, a indústria e os serviços.